O reputado psicólogo americano, Barry Schwartz, escreveu recentemente um excelente artigo sobre a compensação do trabalho e natureza humana. Partindo da interessante questão, a que ponto estamos satisfeitos com os nossos trabalhos, Barry Schwartz apresenta um conjunto de estudos científicos e partilha os correspondentes resultados. Para reflexão fica, por exemplo, a fórmula como alguns estudos sugerem garantir que as pessoas são adequadamente compensadas pelo seu trabalho.

How can we do this? By giving employees more of a say in how they do their jobs. By making sure we offer them opportunities to learn and grow. And by encouraging them to suggest improvements to the work process and listening to what they say.

Alguém se admirou? Podem ver o artigo através do link: http://www.nytimes.com/2015/08/30/opinion/sunday/rethinking-work.html?ribbon-ad-idx=5&_r=0